Regiões da Itália: Trentino Alto-Adige

Passo rolle
Imagem: Passo role, San Matrino de Castroza, Trentino (Giuseppe Mondi / Unsplash)

Como outras regiões mais ao norte da Itália, Trentino é montanhosa, com rios, riachos e muitos lagos. As cadeias de montanhas são divididas pelo rio Adige. Nos últimos anos, os picos nevados têm sido “embalados”, uma vez que ano a ano a neve acumulada ali vem diminuindo. O procedimento é feito com lonas que cobrem a neve e refletem a luz do sol, o que, em tese, diminui seu derretimento.

Há águas termais que brotam de nascente, pretensamente com propriedades terapêuticas. Há também grandes florestas coníferas e parques naturais com sua flora e fauna típicas alpinas.

A região é formada pelas províncias autônomas de Trento e de Bolzano-Südtirol, regidas por estatutos especiais, de onde vêm sua independência legislativa. Trento é o comune que abriga a sede administrativa da região – e foi onde ocorreu o famoso Concílio de Trento, no século XVI. Rovereto é o segundo centro da província, uma cidade rica cultural e industrialmente.

Na região estima-se que um pouco menos de dois terços da população fale italiano e um pouco menos de um terço fale alemão. O restante utiliza o grupo linguístico ladino-dolomita.

As mais antigas relíquias da última fase do período medieval estão conservadas em igrejas na região. O estilo renascentista é encontrado em muitos edifícios e igrejas, algumas com a arquitetura gótica típica.

Um comentário em “Regiões da Itália: Trentino Alto-Adige

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s